CPB inicia cerimônia de entrega do Prêmio Paralímpicos

Logo Agência Brasil

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) iniciou na noite desta quarta-feira (13) a entrega do Prêmio Paralímpicos, maior premiação do paradesporto nacional, com a homenagem a atletas de 24 modalidades em cerimônia realizada no Tokio Marine Hall, em São Paulo. A festa será concluída na noite da próxima quinta-feira (14) no mesmo local com a entrega de mais 10 prêmios.

A escolha dos atletas homenageados nesta quarta, que se destacaram em competições nacionais e internacionais no ano de 2023, foi feita por uma comissão interna do CPB a partir de uma lista enviada pelas confederações responsáveis por cada uma das modalidades representadas na premiação.

“É importantíssimo estar aqui, no dia de hoje, premiando os melhores atletas de 2023, um ano histórico para o esporte paralímpico brasileiro. Voltamos dos Jogos Parapan-Americanos de Santiago com recorde de medalhas, 343 no total, sendo 156 delas de ouro, um número extremamente alto. Tivemos mais medalhas do que a China no Mundial de atletismo e também bons resultados nos Mundiais de natação, halterofilismo e nas modalidades coletivas. Hoje é o dia de brindar tudo isso que os atletas fizeram em 2023 e já deixar o gostinho do que pode vir em 2024 nos próximos Jogos Paralímpicos”, declarou o vice-presidente do CPB, Yohansson Nascimento.

“Estou muito feliz. Foi um ano de Mundial com meu programa mais difícil na vida e resultado muito bom, o que me orgulhou muito. Agora, ganhar esse prêmio só reforça a importância disso e me enche de felicidade. Quando cheguei na natação, tinha muita coisa a ser trabalhada. Ainda tenho, mas isso vai diminuindo com o tempo e deixa mais difícil continuar abaixando os tempos. A seleção está cheia de atletas que também mereciam este troféu, mas fico feliz de ser premiada. Mostra que, mesmo depois de ter acumulado experiência, ainda consigo chegar lá e ter a melhor performance da vida”, declarou a pernambucana Carol Santiago, que em 2023 conquistou oito medalhas no Mundial de Natação de Manchester (Inglaterra) e cinco ouros nos Jogos Parapan-Americanos de Santiago.

Vencedores por modalidade

Jerusa Geber (atletismo), Rogério Oliveira (badminton), Paola Klokler (basquete em cadeira de rodas), Mateus Rodrigues Carvalho (bocha), Fernando Rufino (canoagem), Bianca Canovas (ciclismo), Jovane Guissone (esgrima em cadeira de rodas), Aline Rocha (esportes de inverno), Ricardo Steinmetz Alves (futebol de cegos), Jefferson Luiz da Silva (futebol PC), Josemarcio da Silva (goalball), Mariana D’Andrea (halterofilismo), Sérgio Froes Oliva (hipismo), Wilians Araújo (judô), Carol Santiago (natação), Diana Barcelos (remo), Gabriel Feitosa (rúgbi em cadeira de rodas), Silvana Fernandes (taekwondo), Bruna Alexandre (tênis de mesa), Daniel Rodrigues (tênis em cadeira de rodas), Jane Karla (tiro com arco), Alexandre Galgani (tiro esportivo), Jéssica Ferreira (triatlo) e Janaína Petit (vôlei sentado).

A cerimônia de premiação será concluída na próxima quinta-feira. Na ocasião, mais 10 troféus serão entregues: Aldo Miccolis, Personalidade Paralímpica, Prêmio Caixa, Memória Paralímpica, Melhor Técnico Individual, Melhor Técnico Coletivo, Atleta Revelação, Melhor Atleta Masculino, Melhor Atleta Feminino e Atleta da Galera.

O vencedor da categoria Atleta da Galera será decidido por votação popular, aberta até a noite da próxima quinta-feira neste link. Os concorrentes são Alessandro Silva (atletismo), Brenda Freitas (judô), Mariana D’ Andrea (halterofilismo), Ricardo Mendonça (atletismo) e Samuel Oliveira (natação).

Fonte: Agencia Brasil

Cultura FM

  • https://ssl.studiorenascer.com:7126
  • Cultura FM - 104,9